D&A

D&A

Anuncie Aqui

Publicidade

sexta-feira, 14 de junho de 2013

Sistema ASTROS II

O Astros II é um sistema de lançadores múltiplos de foguetes fabricado pela empresa brasileira Avibras. Este sistema possui a capacidade de lançar munições de diferentes calibres, a distâncias entre 10 e 300 km, bastando apenas trocar os casulos de onde são disparados os foguetes. É empregado para abater alvos de grande importância, além de alvos estratégicos.



 Apesar de ser amplamente empregado na defesa terrestre, pode também ser utilizado na defesa do litoral. Foi desenvolvido em 1981 visando atender a uma demanda do Iraque, na época governado por Saddam Hussein, que se encontrava em guerra contra o Irã e necessitava de um sistema de armas que conseguisse deter a ofensiva iraniana.

 Descrição

O ASTROS dispõe de início de um sistema de controle de tiro Field Guard de origem suíça e fabricação nacional. Esse sistema analisa a trajetória de um foguete de teste que explode no ar, longe do alvo, para não alertar o inimigo e calcula automaticamente a posição dos lançadores

Versões dos veículos do sistema:

 VBA - Viatura basica Avibras
AV-LMU - Veículo lançador
AV-RMD - Veículo de transporte de munição
AV-UCF - Unidade electrónica de controlo e monitorização de tiro
AXV-VCC - Veículo de comando e controlo ao nível de batalhão

Ficha Tecnica 


Tipo - Lançador múltiplo de foguetes
Origem - Brasil
Em serviço - 1983
Utilizadores - Brasil Arábia Saudita Malásia Indonésia
Produção/ Fabricante - Avibras
Custo unitário - Uma Bateria custa $10,000,000.00
Variantes - MK6 e 2020
Especificações - Peso 12650 kg (vazio), 22000 kg (Maximo).
Calibre - 127,180,300
Alcance efetivo - 30/45/60/120 e 300 km
Blindagem do veículo - Armas leves
Armamento secundário -1 metralhadora Browning M2 .50
Alcance Operacional - autonomia para 500 km em qualquer terreno
Velocidade - 100 km/h em pistas semi preparadas

* Plataforma de lançamento Pode ser transportado por um cargueiro como o Hercules ou o Embraer KC-390

 Uso no Exército Brasileiro

 O sistema ASTROS é a resposta da AVIBRÁS à necessidade do exército brasileiro, do fim da década de 70, de um sistema de foguetes de saturação mais eficiente que o lançador rebocado para foguetes, pois seu alcance era limitado a 9Km.

Nos últimos anos, parte dos ASTROS II brasileiros estiveram distribuidos ao 6º e 8º Grupos de Artilharia de Costa Motorizados, em São Paulo e no Rio de Janeiro. Segundo a ultima reestruturação do exército, essas unidades ASTROS II foram transferidas para o estado de Goiás, próximo de Brasilia, exatamente em Formosa-GO, onde se vão concentrar todos os equipamentos junto com um centro de formação para artilharia a foguete.

Antes da transferência, cada um dos grupos estava equipado com:
4 lançadores AV-LMU
2 Veículos AV-RMD de transporte de munição
1 Veículo AV-VCC de comando e controlo da unidade
1 Veículo AV-UCF de controle de tiro
1 AV-VBA - de manutenção
1 AV-CBO - Unidade de pesquisa, adaptada para utilização do ASTROS II contra unidades navais.

Além dos 20 veículos lançadores espalgados pelo brasil, estão

O Brasil tem cerca de 20 lançadores Astros II em serviço mais 24 veículos de apoio entre diretores de tiro e veículos remuniciadores e de comando., além de outras versões.

Além disso, o governo brasileiro autorizou a compra de 30 lançadores Astros 2020 encomendados em 2012 para o Exército e mais 12 Astros 2020 (MK6) encomendados para o Marinha.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Anuncie Aqui